sexta-feira, 22 de maio de 2015

Resultado do 9º Concurso de Contos Livro de Graça na Praça/Academia Mineira de Letras



      Participaram do certame 119 autores de várias regiões do País, de Portugal e do Japão, a maioria se inscrevendo com dois contos.
      A Comissão Examinadora, constituída por jornalistas, professores e acadêmicos da Academia Mineira de Letras, avaliou os 224 textos recebidos, concluindo-se a classificação preliminar de 10 concursantes:

Nome do conto, pseudônimo e origem dos dez classificados:
- O tempo é senhor da razão – Primo Rodriguez, Rio de Janeiro (RJ); Pouco com deus, é muito, muito sem Deus é nada! – Joaquim da Conceição ,Belo Horizonte (MG); Antes a morte que tal sorte – Mirabela, Santana dos Montes (MG); Bela Viola – Manoel J. Roiz – Belo Horizonte (MG); Antes marido feio e laborioso que bonito e preguiçoso – Serra da Mantiqueira, Espírito Santo do Pinhal (SP); No Quinto dos Infernos – Arauto, Rio de Janeiro (RJ); Sal Grosso – Apollo, São Mateus do Sul (PR); Perguntar não ofende – Fortaleza (CE); A Loja dos Panos – Cunha e Silva, Barreiro (Portugal) e Uma imagem vale mais que mil palavras – Gal Thama, Rio de Janeiro (RJ).

      Ao final, chegou-se à decisão dos 3 (três) seguintes contos e autores – já contatados pela organização do concurso, que farão parte do livro de contos deste ano:

Nome do conto, autor e origem:
Antes um marido laborioso que bonito e preguiçoso...
Pedro Alberto Marangoni, Espírito Santo do Pinhal (SP)

Pouco com deus é muito, muito sem Deus é nada!
Júlio Silveira, Belo Horizonte (MG)

Sal Grosso
Adnelson Borges de Campos, São Mateus do Sul (PR)



Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial